Professora Priscila Melão se despede da Comunidade Educativa Xaveriana

priscila-aguiar-melaoSão Paulo, 07 de dezembro de 2016.

Querida comunidade Xaveriana,

Venho, através desta singela carta, agradecer-lhes pela companhia e pelo apoio desde 2012.
Neste ano de 2016, tive uma conquista, recebi um convite da Universidade de Guelph, no Canadá, para continuar meus estudos como pesquisadora e professora de português para estrangeiros na Faculdade de Letras.

Por isso, informo-lhes, com grande aperto no coração, o meu afastamento do colégio, depois de cinco anos de aprendizagem e envolvimento, pelos quais sou extremamente grata.

Esse sentimento de gratidão cresceu a cada ano, através dos incríveis alunos e colegas de trabalho que tive. Cada um com as suas particularidades e, portanto, todos fizeram e fazem parte do meu desenvolvimento profissional e pessoal.

Primeiramente, direciono-me aos meus alunos, pois um orientador não poderia existir sem os seus aprendizes.

Queridos alunos, como sempre disse em sala de aula, se fizermos o que amamos, seremos retribuídos e alcançaremos todos os nossos objetivos. Assim, essa conquista é a prova do que lhes falei, pois, meus pais não terminaram o ensino fundamental, entretanto perceberam a falta que os estudos faziam e, por isso, sempre me falavam para eu escolher um curso que eu amasse.

Minhas escolhas fizeram de mim uma professora apaixonada e, também, uma eterna estudante. Dessa maneira, como professora/estudante aprendi a cada aula, gostei de cada abraço, ri muito com as piadas (bem colocadas, é claro), guardei as cartinhas coloridas, amei a última aula de sexta-feira, senti frio na barriga a cada início de ano escolar, engordei com os salgados da cantina e senti vergonha por cada “selfie” descabelada que tiramos juntos.

Nosso envolvimento foi grandioso e serão muitas as nossas boas lembranças.

Em sala de aula, tive carinho por todas as turmas e sempre estive disponível – pessoalmente e virtualmente – para ensinar-lhes o pouco do que sei. Podem ter certeza de que continuarei disponível e ficarei extremamente feliz se entrarem em contato, seja para um bate-papo, seja para esclarecer uma dúvida. Afinal, entre matérias e brincadeiras, nunca nos esquecemos das responsabilidades e eu nunca esqueci da importância do meu trabalho junto a vocês.

Saibam que já sinto falta do rostinho de vocês, quando me sorriam por eu ter me atrapalhado em algum momento ou quando vocês testavam todos os meus limites de paciência no final dos trimestres – “prô, já corrigiu a prova?”. Sei que não fazem isso por mal, por isso, além de agradecer a presença de vocês em minha vida, venho pedir desculpas se, em algum momento, errei.

Como somos todos diferentes, com certeza, não agradei 100% dos alunos. Afinal, tenho muitos defeitos, sou chata, imperativa, não gosto de ruídos. Mas, tenham a certeza de que, dentro de mim, só guardo boas lembranças de todos vocês. Pois, nesses cinco anos, só tentei transmitir todo meu “métier” com amor e responsabilidade. Eu escolhi ser professora por amor, por isso, precisei ensinar com carinho e ser dura quando queríamos sair do caminho da aprendizagem.

Nesta trajetória, deixo-lhes uma reflexão: se precisamos um do outro, por que não lutamos juntos por uma educação excelente? Unam-se aos seus professores, pois somos a base de suas conquistas e vocês são a nossa esperança de um futuro ideal. Vocês nos fazem muito felizes!

Não será fácil deixá-los, podem ter certeza!

Queridos colegas, não posso, em hipótese alguma, deixar de mencionar a minha alegria em ter trabalhado com tantos professores, funcionários, assessores, coordenadores e diretores que me inspiraram e me apoiaram em todos os momentos de minha carreira xaveriana.

Afinal, no Sanfra, eu tive o apoio de muitos de vocês não só em minha vida profissional, mas também em minha vida pessoal. Aqueles que estiveram mais próximos, nos últimos cinco anos, viram-me aprender a dirigir, finalizar meu mestrado, casar, comprar um lar, adotar dois gatos, ou seja, ouviram-me nos momentos de tensão e de alegria.

Agradeço, portanto, desde o primeiro dia de Sanfra, quando me senti acolhida em minha primeira entrevista, com a coordenadora Siomara, até os meus últimos momentos de acolhimento, pois continuo me sentindo parte do colégio.

Sinto-me em casa, graças aos diretores Irmão Epifânio e Reinaldo que receberam com carinho a minha novidade.

Caros diretores, nesses cinco anos, vi muitas mudanças e acredito que 2017 será um ano renovador. O Sanfra é um colégio incrível, muito importante para a Companhia, pois tem um espírito jovem, alegre e forte. Por isso, essa renovação é importante a todos os xaverianos e vocês são responsáveis por nosso desenvolvimento.

Coloco-me à disposição, mesmo distante, e agradeço a compreensão e a boa energia vinda de todos vocês, colegas do colégio.

Queridos xaverianos, vocês fizeram do meu caminhar uma experiência mais leve e espero poder voltar um dia, mais capacitada, para trabalhar com vocês.

Gratidão,

Professora Priscila A. Melão



Newsletter

Como Chegar

Colégio São Francisco Xavier

Rede Jesuíta de Educação
Rua Vicente da Costa, 39
Ipiranga – São Paulo, SP

+55 (11) 3013-0320
Ver mapa Agende uma visita